Em tempos de pandemia, ajude crianças e adolescentes com o seu imposto de renda!

Você sabia?

Muitas instituições que atendem crianças e adolescentes, sobretudo em situação de vulnerabilidade social, podem sofrer graves impactos em virtude de todo o contexto atual causado pelo COVID-19. No entanto, com a sua ajuda, podemos auxiliar estas instituições a enfrentarem a recessão e a não deixarem de prestar assistência a nenhuma criança ou adolescente!

A Receita Federal, como parte do programa de Educação Fiscal, incentiva os contribuintes a destinarem parte do seu imposto de renda. Pessoas físicas que fazem a declaração de ajuste anual no "modelo completo" podem destinar até 6% do imposto devido a instituições da Criança e do Adolescente ou do Idoso. Para pessoas jurídicas, o limite de destinação é de 1% do IRPJ apurado por aquelas que tributam pelo lucro real. Até o último dia útil bancário do ano (27 de dezembro), é possível destinar até 6% do imposto devido na declaração de ajuste. O limite a deduzir não é sobre o imposto a pagar, mas sobre o imposto devido.

É nosso dever enquanto cidadão proteger e zelar pelo bem-estar de nossas crianças e adolescente. Invista seu imposto de renda no FUNCRIANÇA e apoie instituições que prestam serviços essenciais à infância e à adolescência! Faça a sua parte e contribua para esta causa!